4 animes com temática Isekai para acompanhar

Não sei vocês, mas ultimamente comecei a assistir vários animes Isekai, onde os protagonistas vão para outro mundo quando morrem.

A maioria tem um forte apelo humorístico envolvido, e num mundo de hoje onde não se ri tanto como antes, é quase que obrigatório ver coisas que nos fazem rir.

No vídeo de hoje falo um pouco de 4 animes que acompanhei nas últimas semanas. Dê o play aí. 😉

Xbox Cloud Gaming, Pokémon Unite, Nintendo Switch Lite e BlueStacks X no vídeos de hoje do canal [Vídeo]

No vídeos desta semana, falo um pouco sobre o Xbox Cloud Gaming e alguns tópicos relevantes no mundo dos jogos.

Dê o play aí. 😉👍

Primeiras impressões sobre o nVidia GeForce Now by ABYA [Vídeo]

Hoje, ao invés de escrever, decidi fazer um vídeo sobre o serviço de streaming de jogos da nVidia. Falei um pouco da qualidade, do preço que acho que vai chegar, e comparei com o Xbox Game Streaming da Microsoft.

Sem mais delongas, ao vídeo:

Rápido comentário sobre Back 4 Blood Beta Público ou: Left 4 Dead 3 – um novo dia para morrer

Sim, eu sei. Estou fazendo comentários sobre um jogo beta, mas creio que ele mereça alguns comentários. Muitos bons, e outro nem tanto.

O jogo

Pra começar, ele É o Left 4 Dead. Esta quase tudo lá. Você vai sentir um ambiente bastante familiar, e isso não é ruim. Eu fiquei maravilhado que, apesar de um ou outro controle estar em uma posição diferente, eu sabia exatamente o que fazer. Claro que ao invés de me adaptar às mudanças, fui correndo nas configurações pra ajustar para os controles do Left, mas isso é irrelevante. 😂

Eu joguei em um notebook, então não posso falar como seria jogar no controle, isso vou ficar devendo.

Nessa versão do jogo não há uma bruxa, mas há muitos zumbis equivalentes aos do Left; alguns deles mais fortes inclusive. Não vou me aprofundar demais pra não estragar a brincadeira, mas teve momentos que mesmo no modo super leve, foi pedreira passar.

Como era de se esperar, o jogo trouxe um leque muito maior de armas e, crianças, que armas! A melhor parte é que você pode fazer melhorias não só nas armas de fogo, como também nas de corpo a corpo.

Left 4 D, ops, desculpa, Back 4 Blood também trouxe a oportunidade de fazer melhorias no seu personagem e no grupo como um todo. Seja ela mais vida, mais vigor (pra correr o mais desesperadamente longe dos zumbis) ou simplesmente um mero tapa no visual antes e durante a campanha, entre uma fase e outra. Isso tudo pode ser feito quando o grupo estiver a salvo na… Safe House.

Os personagens e itens estão no modelo de cards, você pode montar um “deck” de itens pra fortalecer seu personagem. São permitidos até 15 cards, mas não sei se isso poderá ser expandido posteriormente. Esse modelo é um pouco preocupante, já que certamente haverá microtransações no jogo, e isso pode dar brecha para a Warner dar personagens melhores apenas pagando com dinheiro de verdade. Enfim…

Durante a campanha, você e seus amigos podem coletar dinheiro, que será usado na compra de materiais ou novas armas. O dinheiro coletado é para o grupo, então mesmo se outra pessoa coletar os “50 cobres”, o dinheiro também irá para seu caixa.

Uma coisa que adorei no jogo, é que os armários “kit médico” agora curam você diretamente, e não somente são pratelereias que podem ou não ter kit médico ou analgésicos. Isso foi uma ótima em algumas situações, principalmente na Cena 2 do Ato I liberado no Beta Público. 👀

Uma coisa que não curti muito, é que você e seus amigos ficam besuntados de sangue zumbi por todo corpo. Isso acaba dificultando na identificação no meio da suruba de zumbis, e você sem querer atira/golpea seu colega. Não é um grande problema no nível fácil que não causa dano, mas nos outros onde fogo amigo fere, vai dar muita caquinha.

Gráficos, áudio e textos

Falando sobre os gráficos, o jogo é impecável. É o Left com visual moderno, como disseram em algumas lives no Twitch. E a dublagem do jogo é impecável. Sim, crianças, o jogo no beta já está 100% dublado e traduzido para português. Nem sei se posso dar detalhes, mas o Wendel Bezerra me fez rir demais em algumas situações. 😂

Left 4 Dead 3! (Créditos: Warner Bros. Games e Turtle Rock/Divulgação)

Embora a dublagem esteja ótima, não posso dizer o mesmo da tradução dos textos. Aquilo foi feito com BING Tradutor offline. Horrível demais, mas quero lembrar que é um jogo beta, então até o lançamento mês que vem, eles podem (espero) melhorar isso.

Conclusão

De resto, Black 4 Blood é o sucessor espiritual perfeito da franquia Left 4 Dead. Ele é distribuído pela Warner Bros. Games, mas foi criado pelos mesmos responsáveis de Left 1, a Turtle Rock. Então, não era de se esperar menos do que perfeição.

Lógico, o jogo é incrível, me diverti pacas jogando e vendo outros jogando, mas em minha opinião, R$ 289,00 é muito puxado. Ainda mais se considerar que certamente haverá microtransações no game. Se ele fosse comercializado por R$ 100,00, seria muito mais realista. Só espero que a Warner não esteja enfiado os pés pelas mãos cobrando esse valor.

Onde e quando?

No dia 12 de outubro de 2021, para Windows, PlayStation®️ 4, PlayStation®️ 5, Xbox One e Xbox Series X|S.


PS: se a Warner conseguir negociar o DLC dos personagens de Left 4 Dead com a Valve, eu consideraria pagar até uns 200tão nele, hein?! 👀 👀 👀

Amazon Prime Day: Echo Dot, Games e consoles com descontos.

Hoje começou o Amazon Prime Day, evento que a Amazon criou para dar descontos antes das principais lojas americanas.

Esse é o segundo ano do Prime Day no Brasil, e dessa vez temos eletrônicos, não só livros, com desconto.

Vamos para os principais:

Amazon:

Games e consoles:

(transparência: todos os links contém afiliação. Se você comprar por eles, vai me ajudar bastante. 😉 👍)

KLab adicionará um “Modo Arena” em Bleach: Brave Souls

Bleach: Brave Souls é meu jogo favorito. Jogo ele desde seu lançamento em 2015, e mesmo que as vezes não tenha vontade de jogar, entro só pra pegar os Login Daily Rewards.

Eta jogo bão, sô! (Créditos: Tenor)

Ao longo dos anos ele recebeu várias atualizações incluindo funções interessantes, como a Guild, Brave Battle, e incrementos que facilitam o upgrade de seus personagens. Mas também teve funções não muito boas, como a Epic Raid, novo limite de poder dos personagens e as Cronicles Souls.

Dito isso, não sei muito o que esperar do Modo Arena. Segundo o time de desenvolvimento do jogo, ele será um modo onde você poderá lutar em um time contra outro time num multiplayer real-time.

NORMALMENTE, jogar no modo co-op não é muito divertido, seja no co-op normal ou no Epic Raid, já que os jogadores não gostam muito de colaborar, por isso meu ceticismo com esse novo Modo Arena.

Seja como for, ele chega dia 14 de Junho, às 04h da manhã aqui no Brasil.

Ah, e além do Modo Arena, a KLab fará um incremento também na Guild: você poderá solicitar para outros membros da Guilda… Soul Tickets.

Pois é…

Bleach: Brave Souls está disponível para iOS, Android, Steam e em breve PlayStation 4 (não foi mencionado o PS5).

Sucesso! SpaceX conseguiu pousar o protótipo SN10 da Starship

Esse é o SN8. (Créditos: Vorgestellte Bildquelle: TESMANIAN Fotograf: @JaneidyEve via Twitter)

Ontem, dia 03 de Março de 2021, marcou a data do primeiro sucesso do programa Starship. A gigantesca nave do Musk que leverá o homem (e equipamentos) para Marte, Lua e fará viagens na Terra não serem maiores do que 40 minutos. 👀

Excluindo os voos de teste da caixa d’água e do silo, foram 3 voos do protótipo completo até aqui, sendo que o primeiro teve sucesso quase perfeito e o segundo teve um probleminha nos Reptors, os motores da danada.

O TESTE

O Starship SN10 estava programado para subir os 10km de altura do teste às 16h no horário de Brasília, mas houve um problema na válvula de ventilação, então o voo de testes foi adiado para às 17h30.

Quando a contagem chegou no T-0, os motores até ligaram, mas o “fator cagaço” colocado pelos engenheiros estava alto demais, e o computador desligou os motores imediatamente após a ignição. 😂

NÃO SUBIU NINGUÉM! (Créditos: Pedro Pallotta no Twitter)

A SpaceX, disposta a fazer o teste ainda ontem, definiu o novo T-0 para às 19h30. Longas duas horas de espera depois, o bichão finalmente subiu. E crianças, foi lindo!

Após chegar nos 10km de altitude, os Reptors foram desligados, e a Starship iniciou o processo de descida da maneira mais anti-natural que um foguete pode fazer: de barriga!

Um bólido imenso de 50 metros começou a cair (com estilo), planando no ar, enquanto lutava pra se manter o mais deitado possível.

Quando chegou perto do chão, os 3 Reptors ligaram novamente, dessa vez, em potência reduzida, a Starship SN10 virou pra cima de novo e então… TOUCHDOWN!!!!

Infelizmente, poucos minutos após o pouso, a SN10 explodiu. Algumas pessoas acreditavam que foi detonação intencional, outras porquê deu problema nos motores e nas pernocas dela. A 2ª hipótese é mais provável.

De qualquer forma, NÃO acreditem nas bobagens que G1 e CNN está E vai dizer, respectivamente. O teste foi 100% bem sucedido.

O objetivo era fazer o bicho voar, planar e pousar. Eles já tinham conseguido os dois primeiros em ambos os protótipos anteriores, SN8 e SN9. Só faltava o pouso, que foi cumprido magistralmente pelo SN10.

Agora é se debruçar nas centenas de toneladas de dados que o SN10 produziu, refinar tudo e aplicar no SN11.

Segundo o grande Sérgio Sacani, o voo da Starship SN11 vai demorar, então esperem uns 3 ou 4 meses até o próximo teste. Talvez menos, mas já joguei alto pra não ficar com expectativas. 😂

O teste completo pode ser visto no vídeo do Sacani, eu coloquei no minuto do início do teste, mas você pode (e recomendo) ver o vídeo todo:

Ou na própria SpaceX, ela deu uma resumida:

E viva a ciência!

Stumble Guys: a melhor cópia do Fall Guys agora está disponível para iOS

Certo, já faz mais de 10 dias que aconteceu, mas só vi agora: a Kitka Games lançou Stumble Guys para iOS no dia 16 de Fevereiro.

Agora os usuários do sistema da Apple podem se divertir com os carinhas saltitantes. 😂

O jogo é gratuito, mas há opções de compras in-app. O funcionamento é basicamente similar ao Fall Guys.

Mais detalhes no meu review.

Review: Microsoft Project xCloud – está na hora de conhecer o mundo [atualizado]

ATUALIZAÇÃO: 1º de Março de 2021, às 23:36.

Infelizmente, a Microsoft fechou a inscrição para o Project xCloud. Agora para obter acesso, você precisa pagar pelo Game Pass Ultimate americano, pois não aparece na verão nacional ainda. Os que se inscreveram ainda têm acesso ao serviço gratuitamente, mas imagino que isso vai mudar muito em breve.

Microsoft fechou a brincadeira. (Créditos: Microsoft/Reprodução)

O review começa a seguir.


Na data de hoje, 04 de Fevereiro de 2021, enquanto escrevo esse review, faz exatamente 23 dias que estou sendo o beta tester do Projeto xCloud. Pra quem não conhece, é o serviço de streaming na nuvem de jogos da Microsoft, igual ao finado OnLive. E todo dia que abro o app e jogo Dead by Daylight ou Halo Collection, fico fascinado em como algo assim pode funcionar tão bem.

Nesse review, vou tentar dizer toda a experiência que tive com o serviço e tentarei ser o mais breve possível. Eu sei que você vai dizer que ainda é um produto beta, mas pra mim ele já está pronto pra ir para o público geral, e direi o porquê nos próximos parágrafos.

Você quer jogar na nuvem ou localmente? (Créditos: Ward’z de Souza)

Primeiros momentos

Não sei como foi para vocês, mas no meu caso descobri que tinha acesso ao xCloud por acaso. Um belo dia, abri o app e simplesmente estava lá as boas vindas do projeto pra mim. Eu fiquei meio confuso inicialmente, então pra testar abri o Dead by Daylight e ele começou a rodar. Fiquei rindo como um bocó. Joguei um pouco e fechei o jogo pra explorar o app.

Falando nele, o app tem uma interface simples: temos a tela principal com os jogos disponíveis e os que foram jogados, a tela para enviar feedbacks e por último a tela de “configurações”, mas não dá pra fazer muita coisa lá. De relevante você pode colocar seu status como invisível e ativar o narrador. Ajustes finos mesmo você só fará dentro dos jogos, como configurar o joystick, gráficos e áudio.

🤷‍♂️ (Créditos: Ward’z de Souza)

Jogos disponíveis

O xCloud tem, no momento, 32 jogos disponíveis. A maioria são continuações de franquias, sem seus prequels. A única exceção, obviamente, é Halo, que tem o Master Chief Collection no pacote mas não tem Halo 5: Guardians.

Não é possível fazer qualquer tipo de compra dentro do xCloud. Eu tentei comprar o DLC da Huntress em Dead by Daylight, mas o xCloud não está ligado à loja da Microsoft para tanto. No futuro é certo que isso seja adicionado, assim como a possibilidade de comprar algum jogo e rodar diretamente da nuvem como acontece no GeForce Now e PS Now atualmente.

Como é jogar nele e onde jogo

É… soberbo.

Eu uso um Samsung Galaxy Tab A 10.1 2019 e um Samsung Galaxy A30s 2020 pra jogar no xCloud. Fora a telinha do A30s, nenhum dos dois demonstrou qualquer tipo de “cansaço” pra rodar os jogos. Até mesmo porquê todo o processamento é feito em algum servidor da Azure que tem muita bala na agulha pra rodar quase qualquer jogo no máximo. Menos Crysis, esse precisa ser no low.

O que mais me surpreendeu é que os jogos rodam de forma suave, sem lags, travamentos estranhos e etc. É quase como se você estivesse jogando em um PC ou console mesmo. Quase!

Ainda há, de vez enquando, problemas de conexão. Não é latência o problema — na realidade nunca tive esse problema — é mais parecido com a brusca queda de qualidade durante o streaming da Netflix, onde a qualidade do vídeo cai pra 144p por uns segundos antes de voltar pro 1080p. Acontece o mesmo no xCloud. Mas aí já não sei dizer de quem é a culpa. Eu considero isso normal, afinal, se acontece com vídeos, por que não aconteceria com games?

Também notei que nenhum jogo ativou os recursos do joystick. Não sei dizer se é porquê estou usando o DualShock 4 ao invés do Xbox Controller, ou se esse recurso ainda não foi ativado no xCloud.

Perda de conexão só acontece comigo com um único jogo: Dead by Daylight. Halo, Forza, Lara Croft e Desert nunca tiveram esse problema, apenas a queda de qualidade do vídeo. Meus amigos que jogam em PC e console dizem que o DBD é bastante bugado mesmo, então eu imagino que seja o mesmo nesse caso. 🤷‍♂️

Conclusão

Bom, como disse no início do texto, eu não ia me prolongar muito. Quis ser o mais sucinto possível.

Eu ADOREI e adoro a experiência de jogar no xCloud, tanto que ele me fez repensar se deveria comprar ou não o Xbox Series S.

Pra mim o xCloud já está pronto pra conhecer o mundo real. Precisa só de uma aparadinha de arestas aqui e ali, mas no geral está muito bom. Bom o suficiente pra me fazer desistir de comprar o Series S, e me focar só no PS5 e Nintendo Switch.

Se você não tem acesso ainda, só seguir os passos do texto do Vinha no Tecnoblog para ter acesso ao xCloud. Mas recomendo dar uma olhada na sua conta de tempos em tempo pra ver se a Microsoft liberou o serviço pra você testar, já que ela não dá nenhum aviso de que fez isso.

Dito isso, bons jogos. E que venha o PS Now e GeForce Now. 👍

Texto atualizado com a informação do encaminhamento do beta público.

Stumble Guys v0.22 trás novo mapa e skins

A versão 0.22 do melhor kibe de Fall Guys para dispositivos móveis, o Stumble Guys, trouxe um novo mapa chamado de Space Race e 3 novas skins: Leão, Pinguim e Bruxa.

Bonito e divertido. (Créditos: Kitka Games/Twitter)

Além disso, o jogo finalmente trouxe uma forma de você customizar o tamanho e a posição do controle touch, facilitando pra quem joga numa tela grande, como um tablet.

Stumble Guys está disponível pra download na Google Play Store, e em breve, terá versão para iOS.