Kitka Games atualiza Stumble Guys com novas funções e skins

A Kitka Games adicionou várias novas funções e deu um belo tapa no visual do Stumble Guys.

Ficou mais bonitinho. (Créditos: Ward’z de Souza)

Agora você pode colocar novas animações de vitória e emoções para seu Stumble Guy. Infelizmente, agora não é mais possível comprar essas animações ou skins, você tem que obter ao longo das competições enquanto adquire estrelas pro Battle Pass.

Falando no Battle Pass, ele permite que você desbloqueie skins (há 5 novas skins no total), emoções, gemas, animações de vitória e de rastro de corrida.

Por hora, a desenvolvedora só adicionou mais um mapa, chamado de Bombardment (ou bombardeamento em tradução livre), que promete ser um dos mais difíceis de todos.

Stumble Guys está disponível para Android e, em breve, para iOS!

Stumble Guys: Kitka Games prepara versão para iOS

Boas novas, pessoal: Stumble Guys, o “Fall Guys” para sistemas móveis, está sendo preparado para iOS. Quando? Soon!

Atualmente tenho 35 coroinhas. Não os que padres gostam, coroinha do verbo coroa. (Créditos: Ward’z de Souza)

A confirmação veio da própria desenvolvedora após este que vos escreve indagar sobre a versão para outros sistemas, como o da Apple.

Por hora, os devs só estão trabalhando nesta versão que não tem previsão de lançamento, e também não tem previsão de disponibilidade para outros dispositivos e/ou sistemas (provavelmente pra não ter processinho envolvido).

O que é uma pena, adoraria jogar no Roku ou Amazon FireTV.

Sobre o game

Pra quem não conhece, Stumble Guys é um game livremente inspirado em Fall Guys, só que atualmente só está disponível no Android. Eu fiz o review dele aqui. Se você ainda não baixou, baixe agora. É grátis e divertido. 👍

Review: Stumble Guys, um Fall Guys pobre, mas limpinho

Eu não costumo fazer review de jogos, essa é mais a área de pessoas com mais experiência e torque como a Vivi Werneck e o Ronaldo Gogoni, mas preciso abrir uma exceção para Stumble Guys.

Meu Merlinho no Stumble Guys. Chupa, Fall Guys! (Créditos: Ward’z de Souza)

Ele é, sim, uma clara imitação do Fall Guys, o joguinho das jujubinhas saltitantes que todo mundo quer jogar. Mas infelizmente, Fall Guys só está disponível para PS4/5 e PC pela Steam.

Como esse tipo de jogo é muito minha cara, eu resolvi procurar substitutos à altura, já que não tenho PC e nem o console da Sony. Entre vários jogos bem ruins e mal feitos, achei o Stumble Guys.

Ele não esconde ser uma clara cópia do Fall Guys, com a maioria dos cenários sendo copy-paste do jogo original, o grunhido dos bonequinhos sendo o mesmo dos das jujubinhas — mas ele têm seus próprios méritos por permitir que você compre roupas com dinheiro de verdade se você não tem as habilidades para conseguir através das competições (como todo jogo deve ser). 😂

O jogo, embora simples, é bem feito e com boa qualidade de gráficos. Você consegue jogar através do touch-screen (não recomendo), ou com um gamepad. Ele reconheceu bem meu DualShock 4, embora o direcionamento da câmera esteja dividido entre a alavanca direcional direta (cima vira pra direita e baixo vira pra esquerda), e o direcional digital (esquerdo abaixa e direito levanta). Fora isso, todos os demais comandos são os mesmos: alavanca direcional esquerda anda e o botão X pula/salta.

Ele é free-to-play, então você não precisa gastar nenhum centavo pra jogar. Se quiser tirar as propagandas, ele cobra R$ 10,90 e dá 600 gemas verdes de presente. Eu recomendo tirar as propagandas. 😉

O Stumble Guys diverte, como um bom joguinho de celular deve fazer, e permite jogar com amigos, muito parecido com o jeito do Fall Guys. Minha única reclamação é que são poucos competidores (32 vs. 60 do Fall Guys) e as copas são muito rápidas (são sempre 3, onde de 32 corta 16 na 1ª rodada, aí corta pra 8 na 2ª rodada até que 1 vença na rodada final).

Conclusão

Mesmo se você tiver Fall Guys, eu recomendo dar uma olhada no Stumble Guys: em geral, é um pouco mais fácil de ganhar coroas e pra quem já tá acostumado, vai se divertir bastante com o jogo quando estiver longe do PC e PlayStation.

Pra quem, como eu, não tem o PlayStation ou PC pra jogar Fall Guys, vai adorar jogar Stumble Guys e não se sentir tão excluído. 😂

Onde

Por enquanto, só para Android.

Canal Loading exibirá o anime Ranma ½

Esse tenho que confessar que foi um dos meus pedidos no #AnimesNaLoading: o canal acaba de anunciar que vai exibir Ranma ½, anime que mostra o dia a dia de Ranma Saotome, que caiu em um lado onde morreu uma mulher, e todos que caem nesse lago se transformam em… bem, mulheres. 😂

Além de Ranma ½, o canal também anunciou os animes Saint Seiya: Lost Canvas e Cardcaptor Sakura.

Ao longo da semana, o canal vai soltar mais novidades.

Site do canal Loading entra no ar… com mistério

Depois de uma contagem regressiva de semanas, finalmente o site da Loading entrou no ar. Mas não como imaginávamos.

Contagem regressiva esgotada. 🤷‍♂️ (Créditos: Ward’z de Souza/Reprodução)

Ao final da contagem regressiva, o site demorou ainda alguns segundos para ser atualizado. Após alguns reloadings (ahn? Ahn? 😂), apareceu um monte de códigos HTML, e um vídeo no meio com OUTRA contagem regressiva marcada pro dia 7 de dezembro às 00h. 😑

🤷‍♂️ (Créditos: Ward’z de Souza/Reprodução)

O Mr. 52x diz que até o dia 7, ainda vai “aprontar” mais algumas coisas no site. Então provavelmente todo dia vai ter algo diferente lá.

De toda forma, o tão sonhado canal para o público geek está quase saindo do forno. Animes, Tokusatsus, games, tecnologia (e espero ciência) num só lugar, seja na TV aberta ou streaming, está quase nascendo.

Isso é motivo de comemoração.

Vamos torcer para que dê tudo certo. 👍

AT&T, dona da Sky, lança DirecTV GO no Brasil

De surpresa, a AT&T resolveu lançar pra gente o DirecTV GO, uma TV por assinatura baseada na tecnologia IPTV, que entrega o line-up das TVs pela Internet.

O app é bem feito. (Créditos: Ward’z de Souza/Reprodução.)

E o pacote vem robusto, como mostra o Tecnoblog. Mas por cima temos:

Fox, History, Gloob, Cartoon Network, vários canais Discovery, as TVs abertas Globo, SBT, RedeTV! e Band entre vários outros canais, totalizando 72 ao todo no pacote básico.

O valor mensal é de R$ 69,90 com transmissão simultânea para até duas telas e você leva os canais HBO por 5 anos(!) na faixa.

Além do pacote básico, você pode adquirir os pacotes Fox Premium com 2 canais por R$ 24,90, os canais Telecine por R$ 34,90 e também canais de esporte (que particularmente não me interessam).

Além de transmitir a programação ao vivo, o DirecTV GO também é um serviço on demand como a Netflix e Prime Video. Então basicamente, você está levando 2 serviços em 1. 😂

O meio de pagamento por enquanto é apenas por cartão de crédito das bandeiras Visa, Mastercard, Elo ou American Express, mas imagino que futuramente eles adicionem outras formas de pagamento.

O serviço é 100% legal, e você vai ter garantias da operadora.

Aliás, a marca DirecTV volta ao Brasil depois de 13 anos, quando foi definitivamente desativada em setembro de 2007 em favor da Sky.

De todo modo, é bom ver uma empresa grande investindo em IPTV no Brasil, com planos melhores que os da Claro Box TV, que não permite adicional e não tem TV aberta disponível em nenhum plano.

Amazon quebra truque que permitia usar a Alexa em português em dispositivos antigos

Há cerca de 1 ano, a Amazon lançou oficialmente a Alexa no Brasil. Desde então era possível usar um “truque” para permitir que dispositivos não suportados pudessem falar o nosso idioma através de uma modificação no código-fonte do site alexa.amazon.com.

A evolução dos Echos. (Créditos: Blog da Amazon/Reprodução)

Infelizmente, há alguns dias, os Echos que estavam com o truque ativado pararam de responder e entender o português. Quando os usuários tentaram refazer o truque, o código-fonte da página não aparecia mais.

Isso claramente foi uma interferência da Amazon para tentar fazer com que os usuários comprem seus novos dispositivos.

Obviamente, ao fazer isso, a empresa acabou revoltando os usuários. Mas na real, nem crítico a Amazon nisso, já que os dispositivos que precisavam desse truque eram Echos de geração 1 e 2, ou alguns dispositivos – da geração até então atual – que originalmente não tinham suporte ao português, como o Echo Input ou Echo Show 10 de 2ª geração.

Mas a maioria dos Echos ou “works with Alexa” de fabricantes parceiras lançados no último ano e que não são vendidos oficialmente aqui, têm a opção de Alexa em português, como o Echo Flame, Echo Flex, Echo Spot e vários dispositivos da Bose.

De toda forma, se você tem um Echo antigo e ainda quer continuar na Amazon, a hora de comprar um Echo Dot 3 é agora, já que ele é o dispositivo Alexa mais barato à venda aqui atualmente.

Twitter finalmente usa o cérebro e facilita o envio de tweets nos Fleets

Outro dia, este que vos escreve, reclamei no Twitter que o Twitter tinha dificultado a vida de quem gosta ou precisa enviar tweets nos Fleets.

Hoje a rede de microblogging finalmente usou o tutano cinzento e facilitou a vida da gente. Agora, basta clicar no botão compartilhar e depois em compartilhar em um Fleet, e voiala.

Agora sim, melhor que o método anterior. (Créditos: Ward’z de Souza)

Mas como conheço o Twitter, já já eles inventam outra burrada pra deixar a vida dos usuários um novo inferno.

Twitter acha que todo mundo é a Mãe Dinah e muda forma de enviar tweets nos Fleets silenciosamente

Ultimamente, o Twitter anda fazendo umas coisas estúpidas e burras. E a estupidez da vez é mudar a forma de enviar os tweets para o Fleets, o Instagram Stories deles.

Com a recente introdução do recurso de priorizar quotes ao invés de retweets, todo mundo achou que o Twitter tinha esquecido ou simplesmente parado de permitir o envio de Tweets como cards no Fleets.

Lá estava eu vivendo minha vida, vendo a timeline e dando RT nas coisas, quando na pressa retweetei um tweet ao invés de enviar um comentário. Quando fui desfazer o retweet, apareceu um pop-up perguntando se eu queria desfazer o RT ou… enviar nos Fleets.

Isso mesmo, as anemonas do Twitter acharam que é uma excelente ideia obrigar você retweetar o tweet ANTES de enviar no Fleets, mesmo se for seu próprio tweet.

https://twitter.com/Wardz_de_souzA/status/1320214511043956738

Bom, seja como for, agora você sabe como enviar tweets no Fleets e não vai se sentir um idiota como me senti agora. 🤡

Idiotas confundem charuto voador com nave do ET bilu

Na última terça (15), um monte de desocupados pararam no meio de uma freeway movimentada, porque viram um objeto estranho e ridiculamente lento sobrevoando um estádio de futebol.

A conclusão óbvia de uma parte das pessoas é que algum venusiano veio assistir o tal jogo in loco, já que o sinal até Vênus deve ser muito ruim.

A outra parte achou que finalmente a guerra contra os ETs morando no subterrâneo tinha começado.

Todo mundo correu pra postar na rede social de microblogging™ o tal OVNI. Alguns maravilhados, outros assustados jurando que estávamos sendo invadidos por criaturas produtoras de fosfina.

O tal OVNI?

Créditos: Twitter/Divulgação

Não deu pra ver? Vamos melhorar a imagem.

ENHANCE. Créditos: Wikipedia

Isso mesmo. Os retardados acharam que o dirigível da Goodyear, que roda há décadas nos céus do mundo, era um disco voador. Eu sei que o formato de um aerostáto não é muito comum, mas não perceber que ele era tudo menos um OVNI é demais até pra mim.

A Goodyear veio a público pra acalmar os ânimos e falou que ela só estava filmando e tirando fotos do jogo rolando no estádio. Afinal ela faz esse tipo de coisa, mais que natural fazer isso… naquele momento.

O Goodyear Blimp é um programa dentro da empresa que tem como principal atividade a publicidade da marca E registrar fotos de eventos esportivos.

Eles também permitem que você voe num dos dirigíveis, desde que você siga umas regras e marque com antecedência. Não tem nada de objeto não-identificado na história.

A bem da verdade, eu culpo a própria Goodyear. A logo da empresa não é grande o suficiente para as pessoas enxergarem de cara, e ela não roda com o bicho todos os dias.